Page tree
Skip to end of metadata
Go to start of metadata

Índice

Objetivo

Permitir aos aprovadores de pendências do MLA que possam realizar toda a parte de acompanhamento e aprovação/rejeição de documentos através do Fluig, utilizando até mesmo o recurso de prazo de execução nas aprovações.

– Este workflow também está disponível para o mobile. 

Benefícios

Os principais benefícios na utilização deste processo são:

  • Rastreabilidade;
  • Governança.

Ambiente de Negócio

Segmento

Manufatura

Áreas de Negócios

Compras e Suprimentos.

Processo Workflow



    • A movimentação (Criação ou alteração Solicitação de compra, pedido de compra, etc.) é realizada no ERP, como é feito atualmente (somente a pendência de aprovação que irá para o Fluig);
    • Caso o documento deva passar pelo processo de aprovações do MLA no Fluig, ao iniciar o Workflow o ERP vai enviar as informações para geração da pendência de aprovação. 
    • Caso ocorram erros na integração com o Fluig é gerado um registro no Monitor de Pendências de Integração MLA x Fluig (programa html.mla0172), com o erro que ocorreu e o processo que estava sendo realizado (envio, aprovação/reprovação, cancelamento). Através do monitor de pendências, será possível reenviar essas pendências posteriormente.
    • Ao realizar a ação de aprovar ou reprovar um documento, são feitas todas as validações do ERP referente a permissões de aprovação do usuário em questão, se estiver tudo OK, o ERP é atualizado, e o workflow é finalizado.
    • Quando for uma reprovação, o usuário precisa informar o código de rejeição conforme as regras do ERP;
    • Toda vez que ocorrer uma aprovação ou reprovação, o status do documento é atualizado e o workflow será encerrado. Obs.: Se houver mais aprovações a serem realizadas serão gerados novos Workflows.

    • O processo no Fluig é bastante simples, o aprovador recebe a pendência de aprovação vinda do ERP e analisa a mesma;
    • Para movimentar o workflow, o aprovador tem as opções de aprovar ou reprovar e após isso o workflow é finalizado.

    Atividades do Processo


    Atividade: Início

    Descrição: Tarefa inicial do workflow, geração da pendência

    Instruções: Essa atividade é executada automaticamente pelo ERP para geração da pendência de aprovação. O workflow não pode ser iniciado manualmente.


    Atividade: Analisar Pendência

    Descrição: Analisar a pendência de aprovação gerada

    Instruções: Analisar as informações da pendência de aprovação e tomar a ação de aprovar ou rejeitar a mesma, informando os comentários e/ou código de rejeição.

      

    Atividade: Aprovar

    Descrição: Realização da aprovação da pendência

    Instruções: Neste ponto é efetivada a aprovação da pendência


    Atividade: Reprovar

    Descrição: Realização da rejeição da pendência

    Instruções: Neste ponto é efetivada a rejeição da pendência




      • Cada vez que ocorrer uma alteração de documento no ERP, todas as pendências de aprovação são eliminadas no ERP e re-geradas. Dessa forma, faz-se necessário cancelar a solicitação no Fluig, e iniciar um novo processo.
      • Ao cancelar o Workflow é enviado o seguinte conteúdo: “Workflow cancelado devido a alterações no documento que originou a pendência”. 


      • Se um documento for eliminado no ERP, e estiver integrado com o Fluig, é necessário cancelar a solicitação de aprovação no Fluig também.
      • Ao cancelar o Workflow é enviado o seguinte conteúdo: “Workflow cancelado devido a eliminação do documento que originou a pendência”. 


      • Se um documento for aprovado ou reprovado pelo ERP, o Fluig deverá ser atualizado também.

      Como Utilizar

      Workflow de Pendências MLA



        • Configurar o estabelecimento para o qual será gerada a pendência de integração com o Fluig. Isto deve ser feito nos Parâmetros da aprovação (MLA0000).
        • Integração Fluig: Indica que o estabelecimento tem integração com o Fluig.
        • Prazo de conclusão: Se marcado, indica que as pendências desse estabelecimento utilizarão o controle de prazo de conclusão, que indica o tempo em que cada pendência deve ser aprovada (informada em horas);
        • Código rejeição padrão: Esse campo somente será utilizado para o caso de reprovações em lote pelo Fluig, onde não será possível informar um código de rejeição manualmente. Neste caso o sistema utilizará o código informado neste programa. 


        • Como os workflows são diferentes para cada tipo de documento no Fluig, é possível optar por integrar com o Fluig somente os documentos que desejar, neste caso é possível informar no programa Tipos de Documentos (MLA0101) quais deverão ou não ser integrados e o nome do workflow no Fluig;
        • Esses parâmetros só são habilitados se o estabelecimento estiver parametrizado para integrar com o Fluig (passo anterior);
        • Integração Fluig: Indica que o documento deve ser integrado com o Fluig;
        • Processo: Nome do processo workflow referente ao documento;
        • Prazo conclusão: Indica a utilização de prazo de conclusão para o documento e quantidade de horas que cada aprovador tem para realizar a aprovação.


        • Gerar a pendência de aprovação, por exemplo, através da inclusão de uma solicitação de compra.

        • Aprovador acessa a central de tarefas, localiza a pendência e clica sobre ela para visualizar as informações da pendência de aprovação.
        • Para facilitar a identificação das pendências, sugere-se a criação de filtros customizados (Veja o vídeo sobre como realizar a criação desses filtros).

        • No formulário o aprovador analisa o que for necessário para tomar a ação de aprovar ou rejeitar.
        • Na parte inferior ele seleciona a opção de Aprovar/Reprovar e informa a narrativa.

        • Após preenchidas as informações no formulário, o aprovador utiliza a opção de “Enviar” para movimentar o workflow.

        • O workflow é então movimentado (aprovado/rejeitado) e finalizado no Fluig.
        • A pendência é atualizada no ERP com a ação realizada.

        • Ao consultar a pendência no ERP a mesma encontra-se atualiza conforme a ação realizada no workflow do Fluig.

        Nota:

        Os aprovadores alternativos do MLA não são integrados automaticamente com o Fluig. Dessa forma, se for necessário utilizá-los no Fluig, eles devem ser configurados manualmente, como usuários substitutos. No momento de realizar as aprovações o Fluig fará as validações para saber se o usuário é um aprovador alternativo válido no MLA. Para informações sobre usuários substitutos no Fluig, consulte: http://tdn.totvs.com/display/public/HF/Substitutos.


        Como Instalar


        Fluig

        Instalar o ambiente de Desenvolvimento Fluig 

        Para realizar a instalação do Processo BPM é preciso ter instalado o TDS (TOTVS Developer Studio) e o plugin do FLUIG para o mesmo. Para instalar o TDS e o plugin do FLUIG visite esta página que contém detalhes para talGuia de instalação fluig Studio.


        Além do TOTVS Developer Studio é necessário garantir que as demais configurações necessárias para a integração entre o Fluig e o Datasul estejam previamente parametrizadas.

        Mais informações sobre os pré-requisitos para a integração do MLA com o Fluig: http://tdn.totvs.com.br/pages/viewpage.action?pageId=471941713


        Buscar os Arquivos para Instalação do Processo BPM 

        O nome dos arquivos dos projetos de aprovação de pendências do MLA estão descritos na tabela abaixo. Eles se encontram dentro do diretório de expedição dos arquivos progress.

        Na seguinte estrutura: ems2/fluig/process

        Código do workflow

        Descrição

        Arquivo

        WFMLA001

        1 - Solicitação de Compras (Item)

        wfmla001.zip

        WFMLA002

        2 - Solicitação de Compras (Total)

        wfmla002.zip

        WFMLA003

        3 - Requisição de Estoque (Item)

        wfmla003.zip

        WFMLA004

        4 - Requisição de Estoque (Total)

        wfmla004.zip

        WFMLA005

        5 - Cotação de Materiais

        wfmla005.zip

        WFMLA006

        6 - Pedido de Compra (Item)

        wfmla006.zip

        WFMLA007

        7 - Pedido de Compra (Total)

        wfmla007.zip

        WFMLA008

        8 - Pedido Emergencial (Total)

        wfmla008.zip

        WFMLA009

        9 - Processo de Compras (Item)

        wfmla009.zip

        WFMLA010

        10 - Processo de Compras (Total)

        wfmla010.zip

        WFMLA013

        13 - Contrato de Compras

        wfmla013.zip

        WFMLA014

        14 - Medição do Contrato (Item)

        wfmla014.zip

        WFMLA016

        16 - Evento do Contrato (Item)

        wfmla016.zip

        WFMLA018

        18 - Solicitação de Cotação (Item)

        wfmla018.zip

        WFMLA019

        19 - Pedido Emergencial (Item)

        wfmla019.zip


        Importante:

        Caso utilize o workflow WFMLA002, WFMLA003, WFMLA004 ou WFMLA018, mesmo que não utilize o WFMLA001, será necessário baixar os arquivos do projeto WFMLA001, pois ele utiliza o mesmo formulário.

        Caso utilize o workflow WFMLA006, WFMLA007 ou WFMLA019, mesmo que não utilize o WFMLA008, será necessário baixar os arquivos do projeto WFMLA008, pois ele utiliza o mesmo formulário.

        Caso utilize o workflow WFMLA009, mesmo que não utilize o WFMLA005, será necessário baixar os arquivos do projeto WFMLA005, pois ele utiliza o mesmo formulário.


        Abrir o Arquivo do Instalação do Processo BPM no TDS 

        No link estão as instruções de como fazer a abertura do arquivo do processo BPM dentro do TDS.

        Importação e exportação de projeto no Fluig Studio.


        Componentes dos Processos BPM

        Processo BPM

        Aprovação de Ordem ou Pedidos de Compra

        Tipo Arquivo

        Nome do Arquivo

        Descrição

        DatasetsgestorProcesso.jsDataset offline customizado que armazena as informações dos gestores do processo (usuários mestre do MLA) no Fluig

        Formulário

        WFMLA<cód doc>.html

        Formulário principal, contendo as informações aprovação do documento em questão

        Formulário (mobile)

        WFMLA<cód doc>_ecmmobile.html

        Formulário para aparelhos móveis

        Propriedades

        WFMLA<cód doc>_en_US.properties

        Arquivo com as literais para apresentação no idioma inglês

        Propriedades

        WFMLA<cód doc>_es.properties

        Arquivo com as literais para apresentação no idioma espanhol

        Propriedades

        WFMLA<cód doc>_pt_BR.properties

        Arquivo com as literais para apresentação no idioma português

        Evento Formulário

        displayFields.js

        Regras executadas ao mostrar os campos do formulário

        Evento Formulário

        inputFields.js

        Regras executados no momento em que os dados do formulário são passados para a camada de persistência

        Evento Formulário

        validateForm.js

        Regras executadas ao validar o formulário

        Diagrama

        WFMLA<cód doc>.process

        Diagrama do processo de aprovação do documento em questão

        Java Script

        datasul-11.5.X-SNAPSHOT.js

        Funções para utilização de conexão com o Datasul

        Java Script

        ttDados.js

        Funções para manipulação de dados a serem apresentados no formulário

        Java Script

        wfmla<cód doc>.js

        Funções referente ao formulário principal do workflow

        Mecanismo

        PorGestorProcesso.js

        Mecanismo para busca de gestores do processo

        Evento Workflow

        WFMLA<cód doc>.afterTaskComplete.js

        Regras executados após executar uma tarefa

        Evento Workflow

        WFMLA<cód doc>.afterTaskCreate.js

        Regras executadas após criar uma tarefa

        Evento Workflow

        WFMLA<cód doc>.beforeCancelProcess.js

        Regras executadas antes de cancelar um workflow


        Envio do Processo BPM para o Fluig

        Uma vez instalado o TDS deve-se importar o Processo BPM para o TDS para manipularmos e posteriormente exportá-lo para o servidor Fluig do cliente. Para importar o Workflow siga os passos explicados nesta página:Importação e exportação de projeto no Fluig Studio.

        • É importante lembrar que é preciso exportar o mecanismo customizado “PorGestorProcesso.js” e o dataset "gestorProcesso.js" para o servidor. Eles serão responsáveis por permitir que os usuários mestre tenham acesso às pendências no Fluig;
          Obs.: Lembrar de selecionar nas propriedades do diagrama o "Gestor" como Mecanismo de atribuição Por Gestor do Processo.”;
          Obs. 2: O dataset "gestorProcesso" precisa ser sincronizado com o ERP. Este processo pode ser configurado para  ser executado automaticamente ou manualmente. 
          • Para configurar a sincronização automática deve-se acessar no Fluig a opção "Painel de Controle" > "Agendador de Tarefas" > "Adicionar". Selecionar o tipo "Sincronização de Dataset", selecionar o dataset gestorProcesso.js e informar a frequência que será feita a sincronização.
          • Para sincronizar manualmente deve-se acessar no Fluig a opção "Painel de Controle" > "Datasets" > localizar o dataset gestorProcesso > Clicar no botão editar na coluna "Sincronização" e clicar no botão "Sincronizar agora".
        • No diagrama selecionar a atividade “Analisar Pendências”. Nas propriedades, em “Mec. Atribuição” selecionar “Atribuição por Campo de Formulário” e no Configurar escolher campo “usuário”;
        • Depois é necessário exportar o formulário para o servidor. Lembre-se que se estiver utilizando os documentos 2, 3, 4 ou 18 o formulário será o do documento 1. Se estiver utilizando os documentos 6, 7 ou 19 o formulário será o do documento 8. E se estiver utilizando o documento 9  o formulário será o do documento 5.
        • Após isso, nas propriedades do diagrama é necessário selecionar o formulário que foi exportado para o servidor e também configurar os campos descritores. Feito isso, basta exportar o diagrama.

        Os campos descritores são utilizados para que seja possível visualizar na central de tarefas campos de negócio de cada um dos documentos a serem aprovados, permitindo a visualização e filtro de informações por eles.

        Os campos a serem utilizados, devem ser informados na aba formulário, sendo necessário marcar quais se deseja exportar e qual a descrição que eles terão no Fluig. Na sequência são apresentados os campos disponíveis para cada workflow e que informação eles contém.


        Disponíveis para todos os workflows:

        Campo

        Informação

        chave_doc

        Chave do documento

        cod_empresa

        Código da empresa

        cod_estabel

        Código do estabelecimento

        valor_doc

        Valor da pendência

        nr_transacao

        Número da transação


        Workflows WFMLA001, WFMLA003 e WFMLA018:

        Campo

        Informação

        ct_nr_requisicao

        Número da requisição

        ct_nome_abrev

        Requisitante

        ct_sequencia

        Sequência

        ct_it_codigo

        Código do item

        ct_desc_item

        Descrição do item

        ct_dt_requisicao

        Data da requisição


        Workflows WFMLA002 e WFMLA004:

        Campo

        Informação

        ct_nr_requisicao

        Número da requisição

        ct_nome_abrev

        Requisitante

        ct_dt_requisicao

        Data da requisição


        Workflow WFMLA005

        Campo

        Informação

        ct_num_ordem

        Número da ordem de compra

        ct_cod_emitente

        Código do fornecedor

        ct_nome_abrev

        Nome abreviado do fornecedor

        ct_it_codigoCódigo do item


        Workflows WFMLA006 e WFMLA019:

        Campo

        Informação

        ct_num_pedido

        Número do pedido

        ct_numero_ordem

        Número da ordem de compra

        ct_data_pedido

        Data do pedido

        ct_descricao

        Condição de pagamento

        ct_natureza

        Natureza do pedido

        ct_it_codigo

        Código do item

        ct_desc_item

        Descrição do item

        ct_nome_abrev

        Nome abreviado do fornecedor

        ct_nome_emit

        Nome do fornecedor

        ct_nr_contrato

        Número do contrato

        ct_responsavel

        Responsável do pedido


        Workflows WFMLA007 e WFMLA008:

        Campo

        Informação

        ct_num_pedido

        Número do pedido

        ct_numero_ordem

        Número da ordem de compra

        ct_data_pedido

        Data do pedido

        ct_descricao

        Condição de pagamento

        ct_natureza

        Natureza do pedido

        ct_nome_abrev

        Nome abreviado do fornecedor

        ct_nome_emit

        Nome do fornecedor

        ct_nr_contrato

        Número do contrato

        Ct_responsavel

        Responsável do pedido


        Workflow WFMLA009:

        Campo

        Informação

        ct_num_ordem

        Número da ordem de compra

        ct_nr_processo

        Número do processo de compra

        ct_cod_emitente

        Código do fornecedor

        ct_nome_abrev

        Nome abreviado do fornecedor

        ct_it_codigo

        Código do item


        Workflow WFMLA013:

        Campo

        Informação

        ct_num_contrato

        Número do contrato de fornecimento

        ct_des_contrato

        Descrição do contrato de fornecimento

        ct_data_contrato

        Data do contrato

        ct_desc_cond_pag

        Descrição da condição de pagamento
        ct_data_ini_validData inicial da validade do contrato
        ct_data_fim_validData final da validade do contrato
        ct_limite_valorValor limite
        ct_limite_quantidadeQuantidade limite


        Workflow WFMLA014:

        Campo

        Informação

        ct_num_contrato

        Número do contrato de fornecimento

        ct_des_contrato

        Descrição do contrato de fornecimento

        ct_seq_medicao

        Sequência da medição

        ct_seq_evento

        Sequência do evento
        ct_seq_itemSequência do item
        ct_numero_ordemNúmero da ordem de compra
        ct_itemCódigo do item


        Workflow WFMLA016:

        Campo

        Informação

        ct_num_contrato

        Número do contrato de fornecimento

        ct_des_contrato

        Descrição do contrato de fornecimento

        ct_seq_evento

        Sequência do evento

        ct_numero_ordem

        Número da ordem de compra
        ct_data_eventoData do evento


        ERP

        A seguir são apresentados links para as configurações necessárias para a integração do ERP com o Fluig. Uma vez feita essa configuração, não há necessidade de efetuar novamente a mesma.

        Criação do aplicativo Datasul no Identity

        Efetuar a parametrização do aplicativo Datasul para utilizar o Fluig Identity, conforme descrito no documento Identity - Criação de Aplicativo.

        Sincronizar os dados com Identity

        Efetuar a sincronização dos dados conforme descrito no documento Identity - Linha Datasul.

        Configuração no Datasul para Integração com o Fluig

        Integrar rotinas da linha Datasul com o Fluig para criação de processos permitindo ao cliente trabalhar com a rotina como uma solicitação com atribuição de responsáveis por atividade utilizando o workflow do Fluig para controle de prazo de conclusão, acompanhamento e notificação de responsável e requisitante, sendo as informações enviadas no final do processo para a linha de produtos Datasul para persistência. Veja no neste link como Configurar. 

        Considerações 

        Informamos que é de suma importância conhecimento técnico para implantação do componente no Fluig. Caso necessite, sugerimos aquisição de horas de consultoria para auxiliar na Implantação desses componentes junto ao canal TOTVS que lhe atende ou através da Fluig Store. 

        Todos os produtos comercializados e distribuídos na Fluig Store possuem como pré-requisito a plataforma Fluig para funcionamento.  

        Acesse esse link para mais informações sobre a Instalação de Workflow.

        Assuntos relacionados

        DMLA0042 - Principais erros e dúvidas na Integração do MLA com o Fluig

        • No labels