Page tree
Skip to end of metadata
Go to start of metadata

Geração Registros Bloco K - LF0228

Visão Geral do Programa

Geração da Estrutura pela Engenharia do Produto

Na geração da estrutura pela Engenharia do Produto, os registros serão gerados conforme a estrutura cadastrada para o item no módulo de Engenharia.

Depois da leitura das ordens de produção no período, será verificado se o produto acabado ou em processo possui correspondente na estrutura (tabela estrutura ou tabela alternativo).

Na leitura da estrutura, será considerado apenas o primeiro nível, exceto para os “itens fantasmas”, pois neste caso também será verificado o primeiro nível da estrutura do “item fantasma”, inclusive de forma recursiva, quando existirem itens fantasmas na estrutura de um item fantasma.

Um “item fantasma” é identificado por um parâmetro que pode ser selecionado no componente do cadastro de estruturas do módulo de Engenharia (programa EN0105 - tabela estrutura campo "F"). Exemplo: 
"A"´é produzido com "B#" que é produzido de"C" e "D" ("A" = Acabado, "B#" = Item Fantasma, "C" e "D" = Insumos).
Serão considerados no arquivo: "A" produzido de "C" e "D". 
Será registrado “ENG” (Engenharia do Produto), considerando a data de validade do Insumo (estrutura.data-inicio e estrutura.data-termino).

O tratamento de quantidade de componente negativo: Tipo de Sobra = CO-PRODUTO, será considerado normalmente, pois gera acabado. Para identificar o co-produto, será verificado se o produto acabado ou em processo (tipo item 03 ou 04) é diferente do item da ordem de produção. Os insumos consumidos pela ordem serão rateados entre o item da ordem e seus co-produtos. 
Para o rateio, será utilizado o cálculo do fator do consumo: Total insumos / Total produto resultante = Fator consumo específico 
O tipo de sobra = retorno de requisição / sobra / normal. Não será considerada na estrutura.

Geração da Estrutura pela Movimentação da Ordem de Produção

Na geração da estrutura pela movimentação da ordem de produção, os registros serão gerados:

  • Com base na reserva dos insumos (tabela reservas e tabela al-res-op para configurados);

  • Com base na movimentação dos insumos já requisitados para as ordens do item, caso não tenha reserva.

Para compor a estrutura do item serão lidas todas as ordens de produção do item (interna, externa e interna/externa) que foram movimentadas no período e a estrutura final do item irá considerar todos insumos requisitados para o item, mesmo que tenha sido requisitado em apenas uma das ordens de produção.

Na leitura dos insumos das ordens para compor a estrutura serão considerados todos os movimentos da ordem, inclusive os movimentos de períodos anteriores ao período da data de referência.

O consumo padrão de cada componente será calculado com base na quantidade total produzida para o item “pai” e na quantidade total consumida de cada “insumo”. Além da variação de insumos que formam a estrutura padrão do item, o valor do campo da quantidade do componente poderá variar de um período para o outro ainda quando o insumo é vinculado na estrutura do item nos dois períodos; isto ocorre porque a quantidade consumida do insumo é calculada com base nos totais das quantidades produzida (item “pai”) e consumida (itens “filhos”). Se quantidade produzida de produto acabado ou em processo for 0 (zero), será verificado se já existe no registro 0210,  e será utilizada a mesma estrutura, senão, assumirá quantidade = 1 (QTD_COMP) para gerar a quantidade de insumo (reg 0210) para se produzir um item resultante (reg 0200).

Item produzido pela média ponderada de utilização de todos os insumos consumidos nas ordens de produção do período.

Exemplo:

-> 10,00 Itens A feito de 5,00 do Insumo B e 5,00 do Insumo C na OP1

-> 15,00 Itens A feito de 7,50 do Insumo B e 7,50 do Insumo C na OP2

 -> 20,00 Itens A feito de 10,00 do Insumo B e 9,00 do Insumo C e 1,00 do Insumo D na OP3


Cálculo: QTD Ponderada Insumo = soma(Insumo) / soma(Total Produto)

         

1 Item A é feito de:


            Soma     Total       QTD

Insumo  Insumo   Produto   Ponderada

----------  -----------   ------------  ---------------

B             22,50 /   45,00  =    0,5000

C             21,50 /   45,00  =    0,4777

             1,00 /   45,00   =    0,0222

O Fator de perda será calculado pela média das movimentações de REF (refugo) e ROP (refugo por operação) do insumo no período.

Registrando “MOP” (Movimentação da Ordem de Produção) no campo de origem da estrutura.


Lista de Componentes

A geração da estrutura do item que utiliza lista de Componentes na ordem de produção será baseada na movimentação da ordem de produção, seguindo calculada pela média ponderada de utilização dos Insumos consumidos para o item, ainda que esteja parametrizada a geração da estrutura pela Engenharia do Produto.


Premissas para geração

a) Fechamento do período: Para incluir o Bloco K no arquivo do SPED Fiscal é necessário que o período da data de referência já tenha sido fechado no módulo de Estoque.

b) Diferenciação de itens por código: Os itens devem possuir uma codificação única de acordo com a estrutura de componentes utilizados na sua produção; a utilização de um único código de item para a produção de itens com estruturas diferenciadas resultará em dados inconsistentes no Bloco K.

c) Atualização do cadastro de itens: No programa Manutenção Itens X Estab Faturamento (CD0147)Cadastro Item x Estabelecimento Bloco K (CD0157) e/ou no programa Manutenção Itens Estoque (pasta “Gerais”)  (CE0106), O campo “Tipo do Item” deverá estar informado corretamente, pois a geração dos registros do Bloco K baseia-se nos valores parametrizados neste campo.

d) Se o estabelecimento não utilizar o módulo de Engenharia/Produção Totvs, ficará responsável pela população das tabelas dwf criadas para digitação. Assim, a responsabilidade de geração dos registros 0200 pertinentes aos insumos, também é de responsabilidade do estabelecimento.

e) Produtos acabados (ACA) sem requisição de material, não serão gerados no Bloco K e registro 0210.

f) Caso o consumo de insumos possua saldo negativo no período, não será informado no Bloco K.

Contribuintes com mais de um período de apuração no mês declaram um registro K100 e os demais registros aninhados para cada período no mesmo arquivo.

Geração Registros Bloco K – Seleção

Objetivo da tela:

Elaborar a estrutura dos Itens pela Engenharia de Produtos ou pela movimentação da ordem de produção, gerando a partir da seleção da estrutura completa ou filtrada.


Outras Ações/Ações Relacionadas: 

Ação:

Descrição:

Marca/Desmarca

Quando acionado, marca e desmarca com * para selecionar o registro.

Todos

Quando acionado, marca todos os registros.

Nenhum

Quando acionado, desmarca todos os registros.

Consulta

Quando acionado, gera relatório de consulta da estrutura gerada para o registro selecionado.

Exclui

Quando acionado, exclui a estrutura gerada para o registro selecionado.


Principais Campos e Parâmetros:

Campo:

Descrição:

Estabelecimento

Inserir uma faixa de código do estabelecimento para geração da estrutura.

Período Ord Prod

Inserir as datas inicial e final de ordens de produção para geração da estrutura.

Gerar Registros Correção de ApontamentosQuando assinalado, possibilita ao usuário optar pela geração dos registros de apontamentos de erros K270 / K275 / 280.
Gerar Somente Estoque Escriturado (Registro K200)

Quando assinalado, determina que a geração deve considerar apenas o registro K200. Caso contrário, serão consideradas todos os registros do bloco K e estrutura 0210.

Importante:

Na geração filtrada, só será efetuada a exclusão do item filtrado.

Quando optado por gerar somente o registro K200, o registro K280 não será gerado de forma automatizada. O registro K280 somente é gerado de forma automatizada quando gerada a contrapartida de geração de registro K270 ou K275.

Nesse caso, se gerado somente para o registro K200 e for necessário a geração do K280, essa poderá ser feita por intermédio da digitação das informações no programa LF0203, tabela DWF Digita K280 (dwf-digita-correc-estoq).

Gerar Registro: 0210 - Consumo Específico PadronizadoQuando assinalado, possibilita ao usuário optar pela geração do registro 0210 (Consumo específico padronizado).
Gerar Registro K230/K235 para itens compostos (Faturamento de Kit's)

Quando assinalado, permite a geração dos registros K230 e K235 para os itens compostos que não baixam estoque e foram faturados no período de apuração.

Gera completo

Quando selecionado, indica que os registros do Bloco K serão gerados completos

Gera filtrado

Quando selecionado, serão habilitados os campos de filtro de seleção das informações.

Item

Inserir uma faixa de código do item para geração dos registros

Classificação Fiscal

Inserir uma faixa de classificação fiscal para geração dos registros

Grupo de Estoque

Inserir uma faixa de grupo de estoque para geração dos registros

Família

Inserir uma faixa da família para geração dos registros

Código Origem

Inserir uma faixa de código de origem para geração dos registros

Importante:

A cada novo exercício é reiniciada, automaticamente, a numeração de páginas dos Livros Fiscais, conforme determina a Legislação Fiscal vigente.

Geração Registros Bloco K – Parâmetro

Objetivo da tela:

Definir os parâmetros a serem considerados para geração da estrutura do item.


Outras Ações/Ações Relacionadas: 

Ação:

Descrição:

Depósito

Quando acionado, apresenta a tela LF0228B, que permite efetuar a inserção dos depósitos de exceção durante a geração dos dados do Bloco K. E ainda, permite parametrizar por depósito, se deseja desconsiderar o saldo interno ou externo . O que possibilita a comparação mais eficaz com informações de inventário.

Ao selecionar um estabelecimento, os registros de depósitos pré-selecionados no programa OF0301 (Parâmetros Obrigações Fiscais) são apresentados na inicialização da tela (LF0228B).

Nota:

Para que o botão Depósito seja apresentado, é necessário que a função "spp-desconsidera-deposito" esteja ativada na rotina CD7070 (Função Liberação Especial).

A seleção de depósitos não é aplicada caso a função "spp-desconsidera-deposito" esteja desabilitada, mesmo que existam dados padrões para o estabelecimento (OF0301).


Principais Campos e Parâmetros:

Campo:

Descrição:

Dt Fechamento Última Entrega Registro Inventário (SPED Fiscal - Bloco H)

Inserir a data de referência para geração dos registros de correção (K270/K275 e K280) e para exclusão de dados gerados em períodos anteriores.

Manter todos os dados de gerações anteriores

Quando selecionado, determina que os dados de Estrutura (0210) e dos Registros K serão mantidos nas tabelas DWF.

Apagar todos os dados de gerações até a data de fechamento da última entrega do inventário

Quando selecionado, determina que os dados de Estrutura (0210) e dos Registros K serão apagados das tabelas DWF até a data digitada e serão mantidos os dados dos períodos que podem ter apontamentos de erro registrados nos registros K270/K275 e K280.

Gerar Relatório Cálculo da Estrutura

Quando assinalado, apresenta o Cálculo da Estrutura.

Gerar Relatório Registros K

Quando assinalado, determina que serão geradas no relatório registro do bloco K, para isso é necessário definir os registros a serem gerados. As opções disponíveis são:

  • K200: Quando assinalado, gera os dados referente ao registro K200 - Estoque Escriturado;
  • K210/K215: Quando assinalado, gera os dados referente aos registros K210 - Desmontagem de Mercadorias - Item de Origem e K215 - Desmontagem de Mercadorias - Item de Destino;
  • K220: Quando assinalado, gera os dados referente ao registro K220 - Outras Movimentação Internas entre Mercadorias;
  • K230/K235: Quando assinalado, gera os dados referente aos registros K230 - Itens Produzidos e K235 - Insumos Consumidos (pai e filho);
  • K250/K255: Quando assinalado, gera os dados referente aos registros K250 - Industrialização efetuada por Terceiros - Itens Produzidos e K255 - Industrialização em Terceiros - Insumos Consumidos;
  • K260/K265: Quando assinalado, gera os dados referente aos registros K260 - Reprocessamento/Reparo de Produto/Insumo e K265 - Reprocessamento/Reparo - Mercadorias Consumidas e/ou Retornadas;
  • K270/K275: Quando assinalado, gera os dados referente aos registros K270 - Correção de Apontamento dos Registros K210, K220, K230, K250 e K260 e K275 - Correção de Apontamento e Retorno de Insumos dos Registros K215, K220, K235, K255 e K265;
  • K280: Quando assinalado, gera os dados referente ao registro K280 - Correção de Apontamento Estoque Escriturado.

Geração Registros Bloco K – Geral 

Objetivo da tela:

Definir as origens a serem consideradas para geração da estrutura do item.


Principais Campos e Parâmetros:

Campo:

Descrição:

SSeleciona o registro, com duplo clique, ou por meio dos botões Marca/Desmarca.

Origem

Forma de geração da estrutura . As opções disponíveis são:

  • ENG (Engenharia do Produto);

  • MOP (Movimentação da Ordem de Produção).

Período de

Exibe o período inicial de geração.

Período até

Exige o período final de geração.

Estab

Exibe o código do estabelecimento de geração.

Filtrada

Exibe se foi utilizada o tipo de geração de estrutura filtrada.

Filtro (Item/Class. Fisc/ Grupo Est/ Família

Exibe a concatenação dos filtros aplicados.

Geração Registros Bloco K – Impressão

Objetivo da tela:

Permitir determinar o destino da geração, bem como a forma de execução.

Os relatórios são gerados de forma resumida e os dados são gerados em um único arquivo, em apenas um relatório, que possibilita uma visualização mais simples com todos os dados calculados (estrutura) e com os dados gerados (Registros K) pela rotina.

Para mais detalhes consulte o conceito Pasta Impressão.