Page tree
Skip to end of metadata
Go to start of metadata

Quando usado um c-Tree Server para gerenciamento dos arquivos locais do ambiente (meta-dados ou dicionários do ERP), em ambientes com 150 conexões simultâneas ou mais, é recomendável a utilização de um recurso de cache dos dicionários em memória, para permitir uma maior escalabilidade horizontal do ambiente. Esta configuração envolve o uso da configuração cTreeMode=boundserver, um c-Tree Server registrado com uma chave de licenciamento "c-Tree Enterprise Server" da Faircom, e a configuração dos arquivos a serem cacheados na memória especificados através de chaves específicas na seção [ctreeservermaster]

Exemplo:

[general]
cTreeMode=boundserver
[ctreeservermaster]
CTServerName=FAIRCOMS@172.16.1.2
Environments=ERP110
Files=sx1010.dtc,sx3010.dtc,sx6010.dtc,sxa010.dtc,sxb010.dtc 

Com esta configuração, eu informo que os arquivos SX1,SX2,SX6,SXA e SXB da Empresa 01 do ambiente chamado ERP110 serão cacheados na memória deste Application Server. Como o modo de trabalho informado na chave cTreeMode é "boundserver", as configurações da chave cTreeServer não serão lidas. Na seção cTreeServerMaster, na chave CTServerName, devemos informar qual é a instância do c-Tree Server a ser utilizada para o acesso aos arquivos em disco. 

Para diagnóstico e registro em log de console das mensagens internas do mecanismo de cache em memória, podemos inserir a configuração ShowStatus=1

Caso seja necessário aumentar o tempo de espera pela thread de notificação estar totalmente carregada e liberar a abertura de tabelas no cache, podemos usar a configuração WaitForNotification=NNN, onde NNN é o numero de segundos que o processo de abertura de uma tabela logo após a subida do serviço fique aguardando o processo de notificação e cache estar completo. O valor default são 60 segundos.

Para outros esclarecimentos sobre o funcionamento do cache de SXS em memória, leia o documento c-Tree Server com SXS em memória


Nessa seção

  • No labels